Neste texto, eu, André Coelho, criador do projeto Segredos da Cespe, vou contar um pouco de como eu sai do zero (uma pessoa que não conhecia absolutamente nada sobre concursos públicos) e consegui minha aprovação em um concurso público. Também falarei o que é o projeto Segredos da Cespe e como ele surgiu.

O INÍCIO

Antes de falar do caminho das pedras, vou contar um pouco qual era a minha situação antes de começar a estudar para o concurso. Era uma pessoa, na época com 26 anos, que nunca tinha pensado em fazer concurso público, nem tinha orientação/informação sobre este mundo.

Quando me formei arrumei um bom emprego, em uma boa empresa e com um bom salário, na minha área de formação, ciência da computação. Contudo, depois de três anos trabalhando percebi que não tinha grandes perspectivas de crescimento e resolvi pedir demissão para tentar outro caminho, que naquele momento não sabia direito qual seria, mas já era hora de tomar novos rumos e encarar novos desafios.

Depois de bater cabeça por um tempo, esbarrei no mundo dos concursos por causa de um amigo que já era concursado e estava tentando novos concursos. No primeiro momento, não me empolguei com a ideia de estudar para concurso público. A minha visão era de que era muito difícil ser aprovado em um bom concurso e arriscaria anos decisivos da minha vida em algo que poderia não levar em nada.

Algum tempo depois, este mesmo amigo me convenceu a verificar o concurso de Perito da Polícia Federal. Como este concurso tinha vagas para minha área de formação e parecia um trabalho interessante, acabei me interessando e decidi fazer uma experiência. Comecei a estudar e depois de um mês estudando, este concurso, de repente, foi suspenso sem previsão de volta (só voltou depois de um ano). No primeiro momento, pensei que tinha perdido um mês da minha vida e que concurso público era uma aposta sem garantia nenhuma.

Entretanto, dias após a pancada e com a cabeça no lugar, fiz uma análise fria e percebi que neste período eu tinha evoluído rapidamente em direção a uma possível aprovação em um concurso público. Então, percebi que passar em um concurso não era aquele bicho de sete cabeças que eu imaginava, mas sim, uma questão de planejamento e ter as informações certas, i.e, aprender com as pessoas que já aprenderam a fazer a coisa funcionar.

O ESTALO

Foi a partir desse momento que decidi entrar de cabeça e fazer um estudo metódico do quê deveria ser feito para ser aprovado em um concurso. Na minha utópia, eu queria saber se eu estudasse X horas por Y meses qual seria a probabilidade de ser aprovado. Ainda mais, queria que X não fosse maior do que 6h (trabalhava e estava fazendo outro curso superior) e Y não fosse maior do que 6 meses (precisava de dinheiro). Como sou da área de exatas, ciência da computação e engenharia civil, sempre precisei ter projeções/probabilidades, mesmo sabendo que neste caso era difícil chegar a estes números.

Então, comecei a correria/loucura, buscando informações na internet, assistindo à centenas de vídeos, lendo vários livros, conversando com vários concurseiros, pertubando pessoas já aprovadas, conversando com pessoas que conseguiram aprovações em série, organizando milhares de questões etc. Neste período, consegui levantar excelentes estratégias para os principais assuntos que uma pessoa deve aprender quando está se preparando para um concurso público. Depois disso, as portas se abriram e a luz entrou clareando o caminho da aprovação, então passei acreditar que era possível.

INÍCIO DO DESAFIO

Já com um bom conhecimento sobre concurso público, comecei a colocar em prática no concurso de Auditor de Controle Externo. Estudei de forma planejada, com horas suficientes, analisando as taxas de acerto, observando as disciplinas que estava com resultado ruim, analisando as disciplinas com mais probabilidade de terem mais questões na prova, estudando como melhorar meu desempenho nestas disciplinas entre outras atitudes.

Consegui ter desempenhos excelentes nas disciplinas cobradas no concurso, muito superiores das que eu tinha na faculdade ou em outros cursos, porém mesmo assim quando observada os resultados de outros concursos percebia que mesmo com um resultado excelente que eu vinha tendo (simulados) não estaria dentro das vagas. Ou seja, algumas pessoas conseguiam resultados melhores que os meus e, provavelmente, eu não seria aprovado. Dai, eu me perguntava: “O que estas pessoas fazem diferente de mim?”; “O que estas pessoas sabem que eu não sei?”.

Além disso, muitas vezes na realização de simulados eu não conseguia repetir o desempenho dos estudos, i.e, meu plano não sobrevivia ao campo de guerra e eu não sabia colocá-lo no rumo certo para não perder o concurso público. Então, percebi que não podia ir para a prova sem esse conhecimento, pois meses de estudos seriam jogados fora e outro concurso da mesma natureza (ou parecida) demoraria anos. Além das perdas físicas, emocionais e financeiras.

COMEÇO DA SORTE

Foi neste momento que eu percebi que ser aprovado estava muito além da sua capacidade de fazer um bom planejamento de estudos e ter boas técnicas para adquirir conhecimento. Era preciso ser capaz de realizar a prova de acordo com as regras que a sua banca impõe e a situação da prova que você se encontra, ou seja, saber jogar quando o jogo é à vera, extraindo a maior quantidade possível de pontos em qualquer tipo de situação.

Então, lá fui eu novamente, voltar com a loucura de fuçar a trincheira de vários aprovados, fazer vários estudos, gerar várias análises e e realizar mais testes. Mas valeu a pena, o resultado dessa trabalheira foi que eu aprendi a colocar o barco no rumo nos mais diversos tipos de mares revoltos. A partir dai, comecei a jogar com novas regras que melhoravam meu desempenho e me davam uma certa segurança nos estudos e na realização das provas.

Foi assim que eu tive sorte de sai do zero e ser aprovado em 2° lugar no concurso. O concurso em questão era o de Auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado de ES. Era, na época, um dos poucos que me agradava, pois o Tribunal fica a dez minutos de onde moro, este cargo tem a carga horária de 6h/dia (um período), possibilidade de trabalhar próximo a minha área de formação (os auditores de controle externo são especialistas em diversas áreas), bom salário (inicial de mais de 10mil e final de 20mil), progressão por escolaridade (com dedicação, é possível progredir até no meio da carreira em três anos), benefícios mesclados de poder Judiciário e do Legislativo.

O EFEITO ONDA

Após a aprovação, muitas pessoas que me conheciam começaram a acreditar que era possível ser aprovado, pois sabem que eu não tenho nada de especial e nunca fui um exemplo de dedicação, organização etc. Então começaram a me perguntar o que eu fiz para ser aprovado e quais estratégias que eu utilizei.

A partir dai, conversei com alguns amigos mais próximos sobre o conhecimento adquirido nesse processo de estudar para o concurso. Surpreendentemente, dois amigos próximos que utilizaram os conhecimentos (que eu expliquei em conversas de bar) foram aprovados em excelentes concursos públicos em curto intervalo de tempo.

Com isso, mais pessoas (efeito onda) começaram a me perguntar sobre este conhecimento. Então, resolvi gravar o curso Segredos da Cespe para compartilhar este conhecimento porque já estava ficando alcoólatra de tanto me chamarem para bares e conhecido como chato para aquelas pessoas que não queriam falar sobre concursos (isso vai acontecer com você também).

SEGREDOS DA CESPE

Por fim, o projeto Segredos da Cespe é um conjunto dos melhores aprendizados (estratégias, dicas, pensamentos, técnicas etc.) que aprendi. Estes aprendizados são principalmente sobre a banca Cespe/Unb, porém muitos podem ser utilizados em concursos de outras bancas.

No curso, filtrei os melhores conteúdos (não perder tempo com porcaria é importante) e organizei de forma metódica para que qualquer pessoa consiga entender e se tornar rapidamente um candidato bem preparado sem perder todo o tempo que perdi.

Espero que vocês gostem do material.
Torne-se membro! Clique aqui!

Qualquer dúvida estou à disposição.

Abraços e Sucesso!

André Almeida



COMPRAR

COMENTE!


COMPRAR